Amigos do Blog

Pesquisar este blog

Carregando...

domingo, 14 de dezembro de 2014

SAÚDE NO QUINTAL DA TENDA



UMA HORTA FAMILIAR

Isso mesmo, aqui temos um acampamento cigano e com muito pouco, provaram que um pequeno pedaço de terra bem cuidado pode se tornar num aliado na cura de algumas doenças. Assim, mantenha os exames e modifique a sua alimentação. Essa pequena horta pode ajudar e muito.



BETERRABA
  • Ajuda a desintoxicar o organismo;
  • Fonte de vitaminas, proteínas e ferro;
  • Manutenção dos tecidos cerebrais;
  • Auxilia na formação dos ossos;
  • Regula as funções musculares e nervosas;
  • Previne problemas no baço e no fígado;
  • Previne e auxilia no tratamento de anemia;
  • Promove o descongestionamento das vias urinárias;
  • Fortalecimento do sistema imunológico;
  • Estimula a produção de glóbulos vermelhos;
  • Estimula a concentração.
A beterraba possui várias propriedades nutritivas e medicinais; promovem o bom funcionamento do organismo e previnem doenças, como a anemia, e distúrbios do fígado e do baço, por exemplo.

A beterraba pode ser consumida em forma de salada crua ou cozida, em sopas ou tortas. A beterraba em forma de suco é utilizada para o tratamento de artrites e reumatismos.


A eficácia da beterraba contra a pressão alta deve-se a presença de nitrato nesse vegetal. Após 24h da ingestão do suco de beterraba é possível observar níveis regulares na pressão arterial, dessa forma esse remédio caseiro diminui o risco de problemas cardíacos e de AVC.

COUVE

Uma xícara de Couve tem apenas 36 calorias e zero gramas de gordura, o que faz com que seja uma grande ajuda na dieta. Além disso, uma xícara contém cerca de 20% da RDA de fibra dietética, que promove a digestão regular, previne a constipação, reduz o açúcar no sangue e freios excessos. A  Couve contém o isotiocianato de glucosinolatos (ITC) que combate a formação de H. pylori ( Helicobacter pylori ), um crescimento de bactérias no estômago que pode levar ao câncer gástrico.

O elevado teor de fibra da Couve reduz o colesterol por ligação com os ácidos biliares que o fígado produz a partir do colesterol pela digestão de gordura. Como muitos desses ácidos biliares são acoplados com fibra, o fígado é responsável pela produção de mais ácido biliar para digerir gordura e, portanto, requer mais colesterol para assim, em última análise, diminuindo a quantidade de colesterol dentro de nossos corpos.

SALSA E COENTRO


Salsa: Retenção de líquidos, celulite, insuficiência cardíaca, urina escassa, insuficiência renal, inapetência, anemia, esgotamento físico, dismenorréias. Tanto a raiz com as folhas e talinhos da salsa podem ser usados em chá diurético, estimulante, emenagogo e fortificante.

Coentro: Em partes da Europa, coentro tem sido tradicionalmente referido como uma planta “anti-diabético”, devido à sua capacidade maravilhosa em ajudar a reduzir o colesterol e diminuir os níveis de açúcar no sangue (ele possuir 521 mg de potássio por 100 gramas!). Indivíduos que sofrem de diabetes têm problemas de regulação e de manter seu açúcar no sangue estável. Coentro tem qualidades relaxantes musculares e pode agir como um sedativo leve. Ele acalma os nervos, ajudando a aliviar a ansiedade e reduzir os efeitos nocivos do estresse. Comendo coentro, pepino e suco de aipo após um longo dia é uma excelente maneira de entrar em vitaminas do complexo B para ajudar a acalmar a mente e ajudar a aliviar o stress.

Homeopatas dos Pés Descalços

terça-feira, 25 de novembro de 2014

PRÊMIO NACIONAL DE EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS



O projeto Kalinka: Ciganos na minha escola, uma história invisível, ganhou hoje, no dia 24/11 o Prêmio Nacional de Educação em Direitos Humanos.




 - https://www.facebook.com/jean.wyllys/photos/a.201340996580582.48122.163566147024734/787498194631523/?type=3&permPage=1

Agora há pouco participei, como membro da comissão julgadora, da entrega do Prêmio Nacional de Educação em Direitos Humanos, na sede do Ministério da Educação. O Prêmio recebeu mais de 260 inscrições de todo o país, e, entre os finalistas, estavam Secretarias de Educação, projetos realizados em escolas públicas, particulares, os desenvolvidos como programas de formação, extensão e pesquisa, e também os desenvolvidos pela própria sociedade civil. Nesta última categoria, tive o privilégio de entregar o prêmio à KALINKA, pelo projeto "Ciganos na Minha Escola: Uma História Invisível", que usa a dança como forma de empoderamento da comunidade, da arte e da cultura cigana.

A noção de direitos humanos parte da ideia de que apesar de estarmos posicionad@s diferente na vida, há algo que é comum de todos nós: a humanidade. Parte da ideia de que devemos defender os direitos humanos de todas e todos e que eles pertencem a todas e todos, mas, infelizmente, não é assim que a banda toca. Algumas pessoas acham que justamente por conta da posição que uma determinada pessoa ocupa - seja pela etnia, procedência, idade, orientação sexual, identidade de gênero - essa pessoa não é humana e esta pessoa, portanto, é expulsa da comunidade de direitos. Por isto, fiquei feliz que a comissão julgadora premiou, entre outros, um projeto voltado para atender a população carcerária, pois é muito comum ouvirmos que direitos humanos são direitos de bandidos.

Como os direitos humanos são a cultura e precisam ser defendidos culturalmente, pela educação formal e também pela educação informal, quero parabenizar o Ministério da Educação e seus parceiros, além de todas e todos os participantes! Daqui fica meu desejo de que o prêmio sirva não apenas como o reconhecimento de um bom trabalho, mas que sirva também como combustível para novas ideias e novas iniciativas!








A AMSK aplicou para concorrer a 4º Edição do Prêmio e fomos premiadas com o !º lugar na Categoria Sociedade civil.

O projeto começou sua estrada em 2011 e hoje em 2014, comemoramos a consolidação de um “sonho”, um sonho possível.

 Flávia (AMSK), Márcia (AMSK), Idelí Salvati(Ministra da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República) e a Profª Lucimara.(AMSK)

A melhor resposta continua sendo o trabalho.

Porque o racismo, a discriminação e a violação dos direitos básicos, não pode matar mais uma geração do povo rromani.



Homeopatas dos Pés Descalços
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Pesquise por matéria específica